quinta-feira, 17 de novembro de 2011

† Minha vida Macabra. Parte II

 Então, como vocês já sabem, desde aquele dia que eu assisti aquele programa a minha vida se transformou, quando eu ficava sozinha no quarto que era meu e da minha mãe eu via 1 par de chifres perfurando a parede, comecei a ver vultos e passei a ter medo do escuro.
 Passou alguns meses e a gente se mudou para o Dom Pedro II. Foi muito bom, o Dom Pedro era um bairro que a minha avó viveu a maior parte da vida, então quando nos mudamos pra lá de novo ela ficou super feliz, e a minha vida deu uma "melhorada". Eu fiz 6 anos e tinha que começar a estudar, minha avó me matriculou em um colégio que era como a "ligação" do Dom Pedro II com o Alvorada II, o colégio se chamava Centro Educacional Vitor Mateus (o colégio não existe mais) e aquele colégio era fudido desculpa o palavriado mas é verdade, o ar condicionado nunca funcionava, eles diziam que iriam concertar mas não consertavam e a sala de aula era pequena e abafada demais para 25 alunos mais ou menos. Aí uma vez eu derramei refri em cima das minha coisas e a professora começou a me xingar de um monte de coisas e o garoto que estava do meu lado levantou um coro dizendo "bebezinha, bebezinha", nesse dia o pessoal ia tomar banho de piscina (menos eu porque até hoje não sei nadar) e do meu outro lado tinha várias bóias, aí eu peguei esse garoto e dei um empurrão nele e ele caiu em cima das bóias e bateu a cabeça na parede. A professora não viu e ninguém contou pra ela. O resto do dia foi normal, minha avó foi me pegar no colégio e eu contei o ocorrido, na hora ela me tirou daquele colégio porque ela ficou com medo de eu trazer problemas maiores aí eu fiquei 1 mês sem estudar e depois uma mulher (Mara) que dava aulas de reforço começou a me ensinar a ler (que a professora do colégio nem isso ensinava), aí a casa dessa mulher tinha um corredor (pequeno porém escuro) e eu tinha que passar por lá para entrar e sair, aí eu voltei a ver "coisas estranhas", e tinha uma piscina que vivia vazia e ás vezes eu via água nessa piscina mesmo estando vazia, porém nunca comentei com ninguém.


Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário